Paixão em Ré Maior

24/05/2016
Postado por Denis Araujo

denis_MG_4807_1

Toda vez é assim. Você reaparece e me desmonta. Por mais que a gente fique distante por algum tempo, você me desmonta toda vez que sorri e lembra dos velhos tempos. Ainda que fiquemos sem nos falar, me desmancho ao receber seu áudio ou seu beijo. Ainda me perco no som da tua boca. O difícil é que você me lê mais fácil que receita de bolo, muitas vezes me entende melhor que meu terapeuta. Mas toda vez é assim: eu te quero por perto, você não diz nada e aí finjo que nada aconteceu.

Resolvi, então, te escrever em poesia. Te fiz em forma de música, pra te guardar do jeito que gosto: em melodia doce, em som de violão amado, vivido e aventurado. Te coloquei em versos fortes que marcam o que passou, em estrofes intensas que narram o que vivemos. Como quando dividíamos a mesma cama em dias de preguiça e você enrolava meu cabelo ao mesmo tempo em que te enrolava no meu abraço. Ou então quando abriamos aquela garrafa de vinho tinto para ver um filme qualquer no Netflix, só para dividirmos meu sofá apertado em harmonia simples e sem esforço. Te gravei em refrões completos, com tônicas bem marcadas, de marcas de unha na pele, de roupas caindo no chão, eu caindo no seu prazer e você já sem ar na mais perfeita sintonia. Naqueles dias em que percorri seu corpo, construímos nosso ritmo e te dedilhei numa paixão em ré maior.

Mas como música que chega ao topo das paradas de sucesso e se vai sem ninguém notar, nós fomos embora um do outro. Fomos dueto de um sucesso apenas, marcando nossas vidas com um grande hit e caindo no esquecimento pouco a pouco. O que era maior virou sustenido, se transformou em bemol, desafinou, ficou menor e acabou. Sim, você às vezes volta, brincando de nós, repetindo nossas canções e apertando stop na hora do refrão. Mas não preciso mais dos seus semi-tons. Sempre te quis em tom maior, mas nesse samba de quem não vai-vai, resolvi montar o bloco do eu sozinho, sem você no palco da minha vida.

Os textos deste site pertencem exclusivamente aos seus autores e estão protegidos por copyright. É proibida a cópia integral ou parcial do seu conteúdo, sem a autorização prévia do autor, mesmo que citando a fonte.

Deixe seu comentário: