Nas inflexões do se

06/09/2016
Postado por Denis Araujo

sad_tumblr

E se não tivesse chovido aquele dia, teríamos nos conhecido?

E se não tivéssemos nos conhecido, teríamos sido felizes?

E se não houvesse música, teríamos dançado naquela noite?

E se não houvesse café, teríamos aqueles encontros nos dias frios na mesa do canto?

E se houvesse alguém em casa, teríamos deixado nossas roupas pelo chão tantas vezes?

E se morássemos perto, teríamos passado mais tempo juntos?

E se “eu te amo” nem existisse, teríamos inventado uma frase só nossa para dizer o que sentíamos?

E se não brigássemos tanto, teríamos passado mais tempo juntos?

E se passássemos mais tempo juntos, teríamos discutido mais?

E se eu tivesse te abraçado mais, teria sido você mais protegida?

E se você tivesse me confortado mais, teria sido eu tão desprotegido?

E se a gente tivesse tentado mais, teríamos conseguido?

E se você não gritasse comigo, teria sido eu mais paciente?

E se eu não fosse tão paciente, você teria ido embora?

E se eu tivesse oferecido meu abraço e meu abrigo, você teria ficado?

E se eu tivesse ido embora, você teria me procurado?

E se você me procurasse, teria eu voltado?

E se tivéssemos nos calado, seríamos felizes hoje?

E se eu tivesse te dado mais, seria você mais completa?

E se você não tivesse me dado nada, sentiria eu falta de tudo?

E se você não tivesse ido embora, seria eu o que sou hoje?

E se eu não tivesse sumido, seria você menos feliz?

E se voltássemos no tempo, teríamos feito tudo de novo?

E se fizéssemos tudo de novo, estaríamos juntos até hoje?

Não.

Os textos deste site pertencem exclusivamente aos seus autores e estão protegidos por copyright. É proibida a cópia integral ou parcial do seu conteúdo, sem a autorização prévia do autor, mesmo que citando a fonte.

Deixe seu comentário: