Me avisa quando chegar em casa

14/03/2017
Postado por Denis Araujo

Oi, como vai? Que bom que chegou bem. O tempo está mesmo maluco, ouvi no noticiário que vai chover mais um bocado nessa semana e você sabe né, morar nessa cidade é mesmo complicado. Aconteceu alguma coisa? Me parece pesado, que teve um sonho ruim ou viu algo difícil de encarar.

Como foi o seu dia? Sei, aquela sua chefe anda pegando muito no seu pé. Mas me diz: e aquela sua ideia na pauta da semana passada? Achei que todos tinham gostado. Ah sim, gostaram, entretanto, não foi aprovado. Sei, corte de gastos. Não, não sei quase nada sobre trabalhar em uma agência. Sou engenheiro e no escritório as coisas são um pouco diferentes. Estressa também, cansa mesmo.

Torço pelo seu sucesso, sabia? Acredito no seu potencial! Eu não entendo nada de campanhas, mas acho que entendo um pouco sobre você. Sei o quanto se esforça para fazer as coisas corretas, sei das suas noites sem dormir enquanto desenha uma nova ideia no seu caderno ao lado da cama. E se não deu certo agora, tenho certeza que chegará a hora de alcançar o que deseja. Não esqueça de quem você é, mesmo quando te disserem que você não vale nada. Haverão muitos a dizer isso, mas você sabe da sua verdade. Haverão poucos a realmente te conhecer e são estes que vão te amar. E vão te amar muito, pode ter certeza.

Por que está chorando? Ei, respire, está tudo bem. Sei que as noites são mais assustadoras que as manhãs e que nem sempre é bom ficar sozinho. Ninguém disse que seria fácil enfrentar todas as nossas batalhas diárias. A vida não nos ensinou o que é ser forte, mas você aprendeu e continua aprendendo, não é mesmo? Quando a gente perde alguém, a gente perde, também, nosso chão. Quando a gente sofre grandes derrotas, o peito até dói de medo. E tudo bem ter medo. E tudo bem não saber o que fazer. Chorar realmente faz bem, não é mentira aquilo que vimos nos filmes.

O que te tira o sono? Imagino, ansiedade é sempre horrível e não sei quantas vezes minha psicóloga já me ouviu falar a respeito. Parece que falta ar, parece que nossa cabeça vai explodir e o coração vai sair pela boca. Levantar da cama é um desafio, sempre. Só que é um desafio bom, como ir buscar sorvete no freezer ou pegar o controle para escolher uma nova série para assistir. Parece pequeno, mas dar um passo de cada vez é como colecionar pequenas vitórias para a vida.

Somos tão diferentes, mas sua bagunça se parece um pouco com a minha. Posso não saber o que dizer pra te ajudar, porém gostaria que soubesse que estou aqui e que nunca estaremos sozinhos. Espero que durma bem e que tenha bons sonhos, obrigado por me avisar que chegou.

À propósito, já cuidou de quem você ama hoje?

Os textos deste site pertencem exclusivamente aos seus autores e estão protegidos por copyright. É proibida a cópia integral ou parcial do seu conteúdo, sem a autorização prévia do autor, mesmo que citando a fonte.

Deixe seu comentário: