As armas que ela usa

28/06/2017
Postado por Daniele Denez

Ela desarma quem se aproxima dela.
E esse deve ser o motivo de poucas pessoas ousarem se aproximar.
Ela põe medo mesmo sem fazer nada exagerado.
Aliás, ela já é exagerada por si só.

O sorriso dela extravagante e repleto de sinceridade assusta.
Hoje em dia é raro um sorriso tão autêntico como o dela.
Como também é raro escutar alguém cantando tão exultante pelas ruas da cidade.
As pessoas andam sisudas demais.

Ela não precisa de pistola ou fuzil pra render alguém.
O instrumento que coloca as pessoas aos seus pés é sua intensidade.
Sua paixão pela vida e pelas pessoas.
Seu afeto por miudezas, por delicadezas, por sutilezas e pela simplicidade.

O olhar dela traz uma grandeza de sentimentos.
Reflete seus pensamentos e desejos.
Seus medos e fobias.
Mas o mais bonito no seu olhar é que reluz a sua alma.

Ela descomplica o que as pessoas complicam.
Consegue fazer com que os nós sufocantes se tornem laços.
Traz serenidade para corações inquietos.
Planta esperança em pessoas desacreditadas.

Se você soubesse o que ela já passou talvez se perguntasse se ela é real.
E a resposta seria “sim”.
Ela é tão real quanto às dores que carrega em seu peito.
Mas faz com que a sorte da vida se sobressaia sobre os seus problemas.

Ela é pura como uma rosa.
Consegue transbordar graciosidade mesmo possuindo espinhos pontudos.
Vai levando seu perfume natural pelas ruas por onde passa.
Marcando a vida de quem o sente.

Ela é sagaz e possui uma humildade que chega a ser linda de se ver.
Não precisa aparecer pelo o que não tem.
E não precisa transparecer tudo o que conquistou.
Mostra apenas o necessário.

A beleza dela é surreal.
Sua leveza a torna ainda mais bela.
Seu rosto com curvas suaves tão diferenciado de seu corpo com curvas tão acentuadas.

A arma que ela usa tem como finalidade a paz e o amor.
Não suporta guerra.
A única guerra que ela luta é para realizar suas vontades.
Tem uma força de ferro e não desiste tão fácil dos seus objetivos.

Valoriza pessoas reais.
Que riem, choram e não precisam aparecer pelo o que não são.
Compartilha com esse tipo de pessoas bons momentos.
E quer leva-las consigo até quando ficar velhinha.

No seu coração má fé não tem morada.
Pessoas vazias de corpo e alma não entram.
Não por ela não deixar.
Mas ela é complexa demais para pessoas vazias.

Namoro para ela não é só amor.
É um misto de sentimentos para que seja duradouro.
Amor, cumplicidade, reciprocidade, lealdade, desejo, confiança e orgulho pelo outro.
Sabe que vírgulas existem, mas quer uma história contínua.
Sem ponto final.

Já perguntaram se ela é desse mundo.
Quem se envolveu, se perdeu nas curvas do corpo e da alma dela.
É impossível não se apegar a essa mulher.
E a única coisa que posso te dizer é:
Fuja ou renda-se enquanto é tempo.

Os textos deste site pertencem exclusivamente aos seus autores e estão protegidos por copyright. É proibida a cópia integral ou parcial do seu conteúdo, sem a autorização prévia do autor, mesmo que citando a fonte.

Deixe seu comentário: