A farsa da mulher bem resolvida

29/03/2016
Postado por Convidado

strong_woman

Determinar e dizer para si mesma que “hoje eu sou mais eu” ou “eu não preciso ter alguém pra ser completa” são de fato falas verdadeiras. Sim, devemos mesmo nos tornar essas pessoas pra frente e bem resolvidas. Mas a verdade é que a falta de alguém aos domingos para assistir aquela série favorita da Netflix, alguém afagando nossos cabelos e sussurrando no pé do ouvido que “não queria estar em outro lugar se não ali ao nosso lado”, ou mesmo cozinhando aquela macarronada juntos, são sim momentos que fazem falta para quem, assim como eu, se sente perdida nessa coisa chamada sou mulher e preciso ser bem resolvida.

Eu sou mulher sim, sou forte, sou razão, sou garra e sou resolvida.
Mas tem momentos que eu gostaria que alguém me resolvesse também.
Tenho tantas equações inacabadas, minha matemática é fraca e às vezes tudo que eu espero é um café quente e um beijo demorado na testa.

Tudo isso é muito novo, você acorda numa manhã e precisa decidir que mulher você quer ser.
A que enfrenta os problemas como a mulher maravilha faria ou a fraca que tem medo de abrir a janela e a chuva molhar a cortina. Será que eu não posso ser a mulher maravilha com medo da chuva? Não chove todos os dias! Eu posso lidar com isso, eu posso lidar com a mulher que eu sou. Porque não posso simplesmente decidir que hoje eu serei de tal maneira, não é assim, não posso me sabotar e tentar ser alguém que não condiz com a minha essência, e eu gosto dela como é.

Não tenho medo de dizer que gosto de ser cuidada, aliás, corajoso é quem diz que precisa de alguém pra ser feliz.

Texto enviado pela leitora Julia Graziela.

Os textos deste site pertencem exclusivamente aos seus autores e estão protegidos por copyright. É proibida a cópia integral ou parcial do seu conteúdo, sem a autorização prévia do autor, mesmo que citando a fonte.

Deixe seu comentário: